Veja como reduzir ao máximo o brilho da tela do seu smartphone

Por vezes, ao utilizarmos o smartphone em ambientes com pouquíssima luz, o brilho mínimo do aparelho ainda sim não é suficiente para o uso mais confortável. Pensando nisso, algumas ferramentas possuem a proposta de reduzir o brilho com mais intensidade, facilitando a utilização nesses ambientes.
A ferramenta que apresentaremos para isso é a Dimmer - Escurecer Tela. O app é gratuito e conta com um manuseio simples. Lembre-se que é necessário ativar a sobreposição sobre outros aplicativos para seu correto funcionamento.
Ao abrí-lo, a tela irá escurecer até um nível mais baixo que o normal. É possível aumentar ou diminuir a intensidade através das setas indicadoras presentes na barra de notificações. (Para cima, aumenta o brilho, para baixo, diminui.)

Ao apertar na notificação, você acessará um menu de configurações adicionais que a ferramenta oferece, onde é possível alterar, dentre outras coisas, o brilho mínimo e máximo suportado e até a aplicação de um filtro de cor.

Quer conhecer f…

O melhor método para tornar seu celular mais rápido (avançado)


Otimizando dispositivos Android
Imagem: Pexels.com

A lentidão dos dispositivos é uma das principais reclamações dos usuários de smartphones. Por vezes, o desempenho do aparelho é baixo o suficiente para tornar o uso praticamente impossível.

Nesse contexto, aplicativos que prometem uma melhora na velocidade do Android parecem brotar de lugares inimagináveis. Via de regra, essas ferramentas trabalham com a limpeza da memória através do encerramento de aplicações em segundo plano, método esse pouco eficiente e que pode, em alguns casos, oferecer o resultado contrário (mais lentidão ao dispositivo).

Antes de prosseguir, é preciso deixar algo claro: não há milagres a serem feitos por qualquer aplicativo. O que vamos apresentar a seguir são métodos (alguns deles avançados) que são adequados para maximizar a potência do sistema como um todo, sem garantias de que seja o suficiente para tornar o uso inteiramente responsivo.

Sim, você precisa de uma ROM personalizada

As ROMS personalizadas são versões do sistema Android altamente modificadas. Caso você não saiba, o Android é baseado em Linux, que por sua vez é um sistema de código aberto. De forma resumida, há equipes de programadores e designers que trabalham para modificar o Android original, criando assim um sistema adequado para os objetivos do projeto. Existem inúmeras ROMS personalizadas, algumas delas são focadas em oferecer o máximo de desempenho possível, outras para maximizar a duração da bateria, e, por fim, algumas focam em estabilidade, oferecendo um desempenho melhor que o sistema original, mas sem aumentar demasiadamente o gasto energético.

Ok, como eu encontro uma ROM adequada para mim?

Cabe lembrar que nem todos os sistemas são adequados para o seu dispositivo, e o melhor lugar para resolver isso é o fórum XDA Developers, nele você pode encontrar ROMS preparadas para o modelo específico do seu smartphone. Além de uma thread completa explicando as funcionalidades, o método de instalação, e demais informações. Para saber quais sistemas estão disponíveis para você, basta acessar o fórum e pesquisar pelo modelo do seu celular.

Certo, mas como eu instalo?

Faça um backup dos seus dados antes de prosseguir. É necessário um computador para realizar os passos seguintes. Este é um tutorial resumido, há passos mais longos e tarefas mais complexas a serem feitas. Não somos responsáveis por um eventual defeito no seu aparelho. Boa sorte.

Essa é a parte mais avançada e complicada. A primeira coisa a se fazer é saber se o seu aparelho tem o bootloader desbloqueado, se sim, é menos um passo a ser feito, caso contrário, há inúmeros tutoriais pela Internet explicando o método de desbloqueio de bootloader para o seu celular. Basta seguir estritamente os passos para obter êxito.

Depois desse passo, é preciso instalar uma recuperação (recovery) personalizada. É através dela que você irá instalar a sua ROM. A mais recomendada é a TWRP (Team Win Recovery Project). O processo de instalação consiste em você procurar a versão mais recente da TWRP para o modelo do seu smartphone e instalar conforme o método descreve. Nunca, jamais instale uma recuperação para um modelo diferente do seu.

Tendo essas duas etapas concluídas, o passo seguinte é baixar o pacote de aplicativos da Google. Sim, dependendo da ROM, esse pacote não é incluso, e você deve baixá-lo no site Open GApps. Lembrando que é necessário que você saiba a arquitetura do seu processador e a versão do Android da ROM que você está pretendendo instalar para baixar o pacote correto. Ainda há opções de pacotes stock, mini, nano, dentre outras. A diferença entre elas é a quantidade de aplicativos que o pacote contém. Se o seu foco é desempenho, é recomendável que você baixe uma versão com poucas aplicações, como a mini ou a nano.

Por fim, vem a instalação. Depois de passar por todas as etapas, é a hora de instalar a ROM. Há métodos diferentes de instalação, e você vai saber o método correto na thread oficial da sua ROM. No entanto, o mais comum consiste em realizar uma formatação completa para depois instalar o sistema. Antes de formatar, mova o arquivo da ROM e o pacote GApps para o seu computador, e, depois da limpeza, mova-os novamente para o armazenamento interno. Pronto, agora você pode instalar e desfrutar de sua ROM personalizada.

Calma, ainda não acabou

O passo seguinte exige root para ser executado. Caso o seu sistema personalizado já ofereça um desempenho satisfatório, não o realize.

Vamos instalar e configurar uma ferramenta já conhecida por aqui, o Kernel Adiutor.

A tarefa agora é sua: definir o melhor governador de CPU e o melhor escalonador I/O para o armazenamento. Os governadores e escalonadores disponíveis podem variar bastante dependendo do dispositivo, sendo assim, o melhor governor disponível para mim pode não ser o melhor para o seu caso. Para ajudar, recomendo que você verifique quais os governors disponíveis para você e que depois leia essa thread do XDA para decidir qual selecionar.

Demais configurações, como governador da GPU, valor de leitura (para escalonador) e limpador de memória são opções válidas para serem estudadas e aplicadas de acordo com o seu perfil de utilização do smartphone.

That's all, folks.

Gostou? Compartilhe!